Facebook
Twitter
Youtube
Flickr

Notícias

Centro Municipal de Combate à Covid-19 é desativado após baixa nas internações

Mais de 300 pacientes foram atendidos no local durante 90 dias de operação
Data de inclusão: 28/06/2021 14:07

O Município de Itajaí desativou o Centro Municipal de Combate à Covid-19 após registrar baixa nas internações de pacientes com coronavírus. A estrutura temporária, custeada pela Secretaria Municipal de Saúde, foi montada no final de março para atender a população por 90 dias. A partir de agora, os pacientes em tratamento contra a doença e que necessitam de leitos de enfermaria ou semi-UTI serão referenciados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Centro Integrado de Saúde (CIS), que também contabilizou redução nas internações.

O Centro Municipal de Combate à Covid-19 foi implantando no anexo do Centreventos para receber pacientes em tratamento contra doença, transferidos pela Secretaria Municipal de Saúde. O espaço disponibilizou 37 leitos de observação de longa permanência (enfermaria) e quatro leitos de estabilização (semi-UTI). Durante seu funcionamento, 321 moradores de Itajaí foram atendidos.

A estrutura foi ativada pelo Município para combater o agravamento da pandemia e a alta de internações na cidade. Ao todo, foram criados mais de 110 leitos de enfermaria e semi-UTI, no CIS e no Centreventos, para atender a população itajaiense nesse período. Com a baixa nas internações e no número de óbitos confirmados em Itajaí por Covid-19, a unidade temporária pôde ser desativada.

Entre os meses de maio e junho de 2021, o Centro Municipal de Combate à Covid-19 registrou uma queda de mais de 20% na ocupação dos leitos semi-UTI. Essa situação, somada à redução na taxa de ocupação dos leitos da UPA CIS, fizeram com que a Secretaria decidisse desativar o local. Os pacientes que ainda estavam internados no Centro Municipal continuarão o tratamento na UPA CIS. Com atendimento 24 horas, a unidade localizada no bairro São Vicente segue como referência para os casos suspeitos e positivos de coronavírus.

Além disso, o fluxo de atendimento da UPA CIS foi reorganizado e há 50 leitos de longa permanência (enfermaria), nove leitos para estabilização de pacientes (semi-UTI) equipados com respiradores e cinco leitos para pronto atendimento na sala de emergência. A unidade realiza uma média de 15 mil atendimentos mensais. 

Imagens relacionadas

Centro Municipal de Combate à Covid-19 é desativado após baixa nas internações
Centro Municipal de Combate à Covid-19 é desativado após baixa nas internações
Centro Municipal de Combate à Covid-19 é desativado após baixa nas internações
Facebook
Twitter
Youtube
Flickr
Todos os direitos reservados © 2022 - Município de Itajaí