Facebook
Twitter
Youtube
Flickr
18,44 ° C

Notícias

Cinco equipes já confirmadas na disputa da Volvo Ocean Race

Barco de Hong Kong fará sua estreia na regata que chega ao município em abril do próximo ano
Data de inclusão: 18/05/2017 17:22

Itajaí representa pela terceira vez Santa Catarina e o Brasil na Volvo Ocean Race, o maior evento de vela do mundo. A edição 2017-18 chega ao município em abril do próximo ano para a 13ª edição do evento. O Team Sun Hung Kai/Scallywag será mais um barco na disputa do título da competição.

A equipe asiática, que faz a estreia de Hong Kong na regata de volta ao mundo foi confirmada pela organização e se junta a Team AkzoNobel (Holanda), Dongfeng Race Team (China), MAPFRE (Espanha) e Vestas 11th Hour Racing (EUA/Dinamarca) na linha de largada do desafio de 46 mil milhas náuticas pelos mares do mundo.

O australiano David Witt terá a missão de comandar o Team Sun Hung Kai/Scallywag. Ele fará sua segunda campanha na Volta ao Mundo. Na edição 1997-98, o australiano competiu a bordo do Innovation Kvaerner, barco comandando pelo ex-CEO da Volvo Ocean Race, Knut Frostad. O atleta tem experiência numa das regatas mais difíceis do planeta, a Sydney to Hobart Race.

A campanha será apoiada por Seng Huang Lee e Sun Hung Kai & Co., o proprietário de Hong Kong do supermaxi Scallywag. O objetivo será a promover a vela competitiva na Ásia e construir um legado para a modalidade.

Parada em Itajaí
A Vila da Regata brasileira ficará aberta ao público de 05 a 22 de abril de 2018. A previsão é que os primeiros barcos cheguem ao litoral catarinense no dia 08 de abril. No dia 20 de abril será realizada a In-Port Race, uma competição que é realizada nos locais de parada. No dia 21 os barcos estarão abertos ao público e, no dia 22, será a partida das equipes de Itajaí rumo a New Port (EUA).

Novo modelo de barco
A Volvo Ocean Race anunciou, nesta quinta-feira (18), em Gotemburgo, na Suécia, uma série de iniciativas inovadoras para as próximas edições da regata, incluindo novos barcos para a competição de volta ao mundo

A partir da próxima década, os veleiros usados nas travessias pelos mares do planeta serão de 60 pés (18,29 metros) com foile. Já nas regatas costeiras, as equipes vão usar os desafiadores catamarãs voadores 32-50 pés (10-15 metros), que são leves, rápidos e têm dois cascos. Os modelos para o desafio mais duro e difícil do esporte serão desenvolvidos pelo projetista francês Guillaume Verdier.

Para a edição 2017-18 da Volvo Ocean Race, que começa em outubro deste ano, as equipes continuam a utilizar os barcos Volvo Ocean 65, tanto nas pernas mais longas quanto nas regatas costeiras.

____________________________
Informações adicionais:
Secretaria de Comunicação
Anderson Silva
(47) 3341-6149

 

Imagens relacionadas

Cinco equipes já confirmadas na disputa da Volvo Ocean Race
Facebook
Twitter
Youtube
Flickr
Todos os direitos reservados © 2017 - Município de Itajaí